Sábado, 22 de Fevereiro de 2014
EM PRINCIPIO PORTUGAL EVITA CAUTELAR


De acordo com o Dinheiro Vivo, a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) informou que o Tesouro já tem garantido pelo menos metade do financiamento necessário para cobrir as necessidades de 2015, ou seja, 8,2 mil milhões de euros. E a informação foi transmitida aos investidores internacionais.

“As necessidades de financiamento de 2014 já estão cobertas e o financiamento adicional deste ano será usado para pré-financiar 2015”, lê-se no documento do IGCP, a que o Dinheiro Vivo teve acesso.

Quanto a este ano, o Estado tem de financiar 22,8 mil milhões de euros, sendo que 6,4 milhões foram conseguidos com os dois leilões de obrigações, 7,8 mil milhões ainda hão de chegar do programa de resgate da troika, 5,6 mil milhões correspondem à fatia de novas emissões de obrigações e 1,9 mil milhões dizem respeito à dívida a retalho.

Ainda assim, no decorrer da décima avaliação, a troika veio dizer que um forte crescimento e sem redução do desemprego, a dívida não é sustentável.
FONTE: Noticias ao Minuto

tags:

publicado por citando às 10:33
link do post | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

A SUCESSÃO EM ESPANHA

APELO À PAZ

A SINCERIDADE DE RICARDO ...

PS: CONGRESSO OU NÃO?

JORGE JESUS NO BENFICA

POR RAQUEL ABECASSIS

ANTÓNIO COSTA A AVANÇAR: ...

APÓS AS EUROPEIAS.... NAD...

SEGUNDO MÁRIO SOARES

MUDANÇAS APROXIMAM -SE?

arquivos

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub